Laptop: melhor deixar a bateria ligada à tomada após carregado, ou não?

post_laptop

Compartilhe:

Com o aumento do uso de Laptop nos últimos anos, muitas pessoas, inclusive, escritórios das empresas, substituíram os tradicionais computadores de mesa (desktop), pelos práticos e portáteis laptops.

Contudo, uma dúvida frequente surge entre os usuários, deixar o laptop ou notebook ligado permanentemente à tomada após carregado, ou não?

Para tirar esta dúvida, a BBC News Mundo na Espanha ouviu especialistas e colaboradores de empresas de tecnologia, sobre a melhor maneira de usar as baterias dos laptops, independente se forem de íon, lítio ou polímero.

O estudo ouviu especialistas da lenovo, HP e da Microsoft para nos ajudar a entender como melhorar a durabilidade da bateria de nossos laptops.

Segundo Asheley Rolfe, diretor de tecnologia da Lenovo na Irlanda e no Reino Unido, as baterias estão cada vez melhores, tendo alcançado níveis de durabilidade muito superiores que as de 10 anos atrás, por exemplo.

Ashley afirma ainda que as baterias de hoje conseguem alcançar uma vida útil de três a cinco anos, podendo completar facilmente entre 500 e 1.000 ciclos de carga.

Mas, para Rolfe, manter um laptop conectado à tomada com a bateria em 100%, reduz ligeiramente sua vida útil, esta afirmação é apoiada por seu colega Phil Jakes, diretor de tecnologia da Lenovo.

Jakes diz que “descobriram que as baterias se degradam mais rapidamente se forem mantidas totalmente carregadas, especialmente em temperaturas mais altas”.

Segundo ele, isso acontece porque “100% da carga é o estado mais pesado em que a bateria pode estar, porque é quando a voltagem é mais alta”, explica.

Apoiando a opinião de Jakes e Rolfe, a fabricante HP também não recomenda deixar os laptops conectados à energia o tempo todo.

Segundo a HP, “a maioria das baterias de hoje tem a tecnologia para evitar a sobrecarga quando atingem 100%”, esclarece a empresa em um comunicado, porém, esta tecnologia não impede que o alto estado da carga crie um estresse adicional na bateria que pode acelerar sua degradação com o tempo.

Seguindo a mesma linha técnica, a Microsoft recomenda em seu site que as baterias dos laptops Surface, se mantidas em alta carga perderão capacidades mais rapidamente.

Portanto, a indicação geral dos especialistas é limitar o tempo que o laptop permanece conectado à tomada após carregado, sugerindo ainda que, ao invés de carregá-la 100%, carregue-se apenas 80%.

“Tecnicamente, as baterias ficam mais felizes com 50% de carga, então os técnicos dizem que é melhor mantê-las entre 20 e 80 por cento, afirma Rolfe.

Conforme afirmam os técnicos, estas práticas vão ajudar a aumentar a vida útil da bateria, mas caso você esqueça de desconectar o laptop da energia quando ele atingir 100% de carga, isso não vai acarretar uma diferença tão grande.

De qualquer forma, as baterias atuais duram tanto que o usuário não precisa se preocupar tanto com isso.

Rolfe finaliza dizendo que tudo depende de como você usa o laptop, ou seja, se você fica a maior parte do tempo em uma mesa, procure tirá-lo da carga por um tempo. Mas se você passa a maior parte do dia sem acesso a tomadas, pode carregar até alcançar os 100%.

Equipe de comunicação Inforrede

Você pode gostar

Open chat
SOLICITAR ORÇAMENTO
SOLICITAR ORÇAMENTO