O projeto do cabo de fibra óptica para ligar Brasil e Portugal continua de pé

O-projeto-do-cabo-de-fibra-óptica-para-ligar-Brasil-e-Portugal-continua-de-pé

Compartilhe:


Quando ocorreu, em 2013, a revelação do ex-analista norte-americano Edward Snowden sobre a espionagem da NSA a diversos governos, o governo brasileiro tentou achar meios de driblar isso.

E uma das soluções para punir os Estados Unidos e fazer negócios (como servidores e softwares) fora do país, seria a criação de um cabo de fibra óptica entre o Brasil e Portugal. Essa seria uma forma de expandir conexão direta entre o Brasil e Europa, sem depender das redes atuais que passam pelos EUA.

E qual exatamente é o plano do Brasil?

Com um projeto avaliado em aproximadamente R$ 450 milhões, o cabo Brasil-Portugal será feito pela empresa governamental Telebrás, que não deu chance para nenhuma companhia estadunidense.
Até o ano passado, tudo estava parado por conta de obras para a Copa do Mundo. Mas a construção tem previsões para começar esse ano e tem o prazo de 18 meses – o que indica se seu funcionamento se dará em 2016. A estimativa é de 3 TB de velocidade na conexão.
Além disso, o plano de um sistema de e-mails só do Brasil também está em andamento com o término de contrato do governo com o Outlook, da Microsoft, e o início da utilização do Expresso, um serviço feito pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).
Segundo declarações do Governo ano passado, também há outros planos para ligar cabos diretamente com a África e com a Ásia e somente serão feitas parcerias com marcas nacionais, europeias ou asiáticas.

Fibras ópticas são soluções ideais para velocidade e proteção da circulação de dados e informações. É uma alternativa para driblar a espionagem.

Você pode gostar

Open chat
SOLICITAR ORÇAMENTO
SOLICITAR ORÇAMENTO