Starlink: internet de Elon Musk desperta interesse de empresários

post_starlink

Compartilhe:

A Starlink, empresa do empresário multibilionário Elon Musk, que fornece internet banda larga via satélite, começa a despertar interesse dos empresários brasileiros, principalmente aqueles que possuem extensões de seus negócios em regiões remotas do país.

Com a recente visita de Elon ao Brasil, que estampou capa de vários sites, blogs e noticiários, o número de buscas no Google com o objetivo de conhecerem mais a seu respeito, ficou entre os primeiros na lista de pesquisa nos dias que esteve por aqui.

O alvoroço todo se dá por conta de que Elon é considerado hoje uma referência como empreendedor e empresário, tendo alcançado sucesso em todas as áreas que passou e investiu, o que o levou a ser dono hoje de uma fortuna de mais de 218 bilhões de dólares.

Um dos principais assuntos discutidos entre o empresário e as autoridades brasileiras, inclusive o Presidente Jair Bolsonaro, foi a ampliação do sistema da Starlink para os estados do norte do Brasil, para levar internet para as escolas e órgãos do governo destas localidades.

Atualmente Musk é SEO das empresas Spacex, que realiza lançamento de foguetes para o espaço. A Tesla, considerada atualmente a melhor marca de carros elétricos de luxo do mundo, e a Starlink, uma divisão dentro da Spacex que se dedicou a desenvolver o serviço de fornecimento de internet banda larga via satélite.

Licenciada para operar no Brasil desde o dia 28 de janeiro de 2021 pela Anatel, como empresa de telecomunicações, a Starlink já cobre oficialmente os estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, além de algumas regiões mais ao sul de Minas Gerais.

Criada em 2015, a Starlink já possui mais de 1400 satélites operando na órbita da Terra, fornecendo sinal de banda larga que podem ser contratados entre 100 e 500 Mbps, que são captados por meio de antenas fornecidas pela empresa para recepção.

No Brasil, o investimento para obter a tecnologia fica em R$ 3.000,00 referente ao kit dos equipamentos, e a mensalidade no valor de R$ 530 ao mês.

Segundo Elon, o objetivo da Starlink não é concorrer com as operadoras de banda larga tradicionais que fornecem internet cabeada, mas dar aos moradores e empresários mais distantes dos grandes centros, a oportunidade também de terem acesso à internet de alva velocidade.

O interesse pela internet da Starlink, vem principalmente pelos empresários que possuem instalações mais distantes, como é o caso dos agricultores e pecuaristas, além de empresas de extração que normalmente utilizam a internet via rádio, com velocidades bem limitadas que variam entre 1 e 15 Mbps.

Gostou do assunto de hoje? Então acompanhe nosso Instagram ou Facebook e fique sempre por dentro!

Por Alexandre Alves
Equipe de comunicação Inforrede

Você pode gostar

Open chat
SOLICITAR ORÇAMENTO
SOLICITAR ORÇAMENTO